1 2 3 4 5

CamelBAK M.U.L.E. NV Review

domingo, 16 de agosto de 2009
Quase um mês depois do meu post com as primeiras impressões sobre a mochila de hidratação CamelBak M.U.L.E. NV consegui fazer o teste prático! Foi em uma pedalada em Tuiutí-SP na 3a. etapa do Endurance Bike.

A Primeira coisa que fiz foi uma boa limpeza, utilizando um um kit que comprei recentemente na decathlon e que serve perfeitamente para limpeza do reservatório da CamelBAK.

É da marca Btwin e vem com estes itens abaixo:
  • Escova grande para limpeza da parte interna do reservatório.
  • Escova de tubo longo e flexível para limpar a parte interna da mangueira
  • Escova pequena para limpeza do bico
  • Cabide para pendurar o reservatório aberto, facilitando a evaporação da água remanescente




Depois, seguindo a dica do fabricante, na noite anterior ao evento, enchi metade do reservatório com água e coloquei no congelador.

Se vocês forem fazer isso alguns cuidados devem ser tomados:

- Deixe entrar ar no reservatório e coloque-o deitado no freezer para evitar o congelamento tanto da entrada de água como da saída, se não você vai pode ter problemas no dia seguinte para abrir a tampa e completar o reservatório ou conseguir beber a água, respectivamente.

- Retire se possível a mangueira e principalmente o terminal de borracha, pois o congelamento frequente pode fazer com que material envelheça rapidamente tornando-se engilhado ou quebradiço.



Minhas impressões após a prova prática:

- A mochila fica bem justa ao corpo e não senti ela pulando em menhum momento, neste ponto as alças de fixação frontal ajudaram bastante. Não tive também nenhuma sensação de costas suadas e posso dizer que o sistema de ventilação realmente funciona.

- Apesar de ser um pouco maior que as mochilas de hidratação utilizada nas pedaladas, ela é bem compacta e fica em uma posição no corpo que permite fácil acesso aos bolsos traseiros da camisa do ciclista.

- No início senti um pouco de frio nas costas devido ao gelo no reservatório, mas depois de um tempo esta sensação foi sumindo. Da próxima vez colocarei menos água para congelar, talvez apenas 1/4 do reservatório. Um outro fato que achei interessante é que o isolamento térmico da mochila garantiu água gelada o tempo todo, pois tirei a mochila do congelador às 07h30, e quando cheguei em casa às 15h00 ainda havia gelo no reservatório.

- Pra concluir, achei a mochila muito prática e não vi nenhum problema em utilizá-la também para pedaladas mais curtas (de 2 a 3 horas), pois ela não incomoda no corpo, e na maior parte do tempo esqueci que ela tava nas minhas costas. O único problema que vi é que não dá pra levar nela algo que você venha a utilizar com frequência, pois não dá para acessar seus bolsos sem descer da bike.

2 comentários:

erich disse...

Voce acha que caberia um caderno ou um livro no compartimento principal??
Abraço!

Pedro Barreto disse...

Olá Erich, cabe sim testei aqui agorinha e o caderno coube direitinho no compartimento principal (bem justo na largura) mesmo com o reservatório de água cheio. Dá para levar um livro também desde que não seja maior que o caderno. ;-)

Abs